Arquivo da categoria: Como Fazer

Siga Estes Passos Para Começar Seu Primeiro Jardim

Começar um jardim é uma das coisas mais gratificantes que se pode fazer. Plante flores perfumadas ou inicie uma horta ou ambas, e todos podem se beneficiar de sujar um pouco as mãos. Mas se você é novo em jardinagem, pode ser difícil saber por onde começar.

Mesmo assim, não precisa ser complicado; quando você divide seu projeto em etapas manejáveis, você pode facilitar a jardinagem ao seu próprio ritmo. E logo você verá as recompensas de seus esforços com belas vistas, deliciosos sabores e flores coloridas.

Você quer plantar uma horta? Uma horta de ervas aromáticas? Um jardim de flores? Se você escolher legumes e ervas aromáticas para suas contribuições à sua mesa de jantar, plante os que sua família comerá ou estará disposto a experimentar.

Se você quer flores por seu charme, cor e fragrância, decida se quer flores anuais que florescem a maior parte do verão, mas que precisam ser replantadas a cada primavera ou perenes que têm um tempo de floração mais curto, mas retornam ano após ano.

Cada uma, ou mesmo uma combinação, faz um jardim deslumbrante, mas terá exigências de manutenção diferentes. Um pequeno conselho: Comece devagar até saber no que se está se metendo.

Escolha o Sitio Correto

Quase todos os vegetais e a maioria das flores precisam de 6-8 horas de sol pleno todos os dias. Portanto, você precisa observar seu quintal durante todo o dia para descobrir quais pontos recebem sol pleno versus sombra parcial ou total.

Não se preocupe se seu terreno estiver na maioria das vezes sombreado: Você não será capaz de cultivar tomates na sombra, mas muitas outras adoram estar resguardadas da luz direta do sol.

Não pule esta etapa só porque não tem muito sol, pois para prosperar, suas plantas precisam ter suas necessidades de luz atendidas e nem todas necessitam de grande exposição solar. Verifique as etiquetas das plantas ou pergunte ao pessoal de seu centro de jardinagem local para ajudá-lo a entender quanto sol uma planta precisa.

jardim de tomates
Jardim de tomates

Dicas adicionais

Escolha um local relativamente plano para seu jardim, pois é mais difícil, demorado e caro lidar com um jardim inclinado. Verifique se há quebra-ventos, como sua casa ou a casa de seu vizinho, que evitará que as plantas sejam prejudicadas por ventos fortes, caso contrario poderá ter que criar uma cerca corta vento.

E coloque o jardim onde você o veja todos os dias e não possa ignorar seus pedidos de atenção: Fora da porta dos fundos, perto da caixa do correio, ou pela janela que você olha enquanto cozinha.

E se o lugar estiver suficientemente perto de uma torneira de água você não precisa de andar a arrastar uma mangueira por todo o pátio para a rega.

Desobstruir o terreno

Livre-se da relva que cobre a área que você planeja plantar. Se você quer resultados rápidos (se já é primavera e você quer legumes neste verão), corte-a. Corte a relva sob a terra com uma pá, corte a relva em seções para facilitar a remoção e depois coloque-a na pilha de compostagem para decompor.

Se ainda tem alguns meses pela frente é mais fácil abafar a grama com jornal, mas leva mais tempo. Em outras palavras, você deve começar no outono para poder plantar na primavera. Cubra seu futuro jardim com cinco folhas de jornal; duplique essa quantidade se seu gramado for grama muito forte.

Espalhe uma camada de adubo de um dedo de espessura, ou uma combinação de terra para vaso e solo superficial sobre o jornal e espere. Levará cerca de quatro meses para que o adubo e o papel se decomponham. Assim na primavera você terá uma cama pronta para plantar sem grama ou ervas daninhas e um solo muito rico.

Melhore o solo

Quanto mais fértil for o solo, melhor será o crescimento de seus vegetais, por isso se cortou as ervas o solo sempre precisa de um impulso, especialmente em jardins novos, onde o solo superficial pode ter sido removido. Seu solo pode ser excessivamente húmido, pobre e infértil, ou muito ácido ou alcalino.

A solução é geralmente simples: Adicione matéria orgânica. Adicione uma camada de 2 a 3 dedos de adubo, folhas deterioradas, aparas de grama seca ou estrume velho ao solo quando você cavar.

Se você decidir não cavar ou estiver trabalhando com um leito estabelecido, deixe a matéria orgânica na superfície onde ela eventualmente apodrecerá em húmus (matéria orgânica) e as minhocas de terra farão a maior parte do trabalho de mistura do húmus com o subsolo.

Trabalhar o solo

cavar o solo
cavar o solo

Trabalhar o solo é essencial para preparar novos canteiros para semear ou plantar, pois permite que as raízes penetrem mais facilmente no solo para acessar água e nutrientes. Há dois métodos: Fresagem e escavação.

A lavoura consiste em cultivar o solo com um dispositivo mecânico, como um motocultivador ou cavar o solo com uma simples enxada manual. Usar um meio mecânico é um bom método quando é necessário incorporar grandes quantidades de modificações mas, ele também pode perturbar microrganismos e minhocas de terra.

Portanto, é melhor fazer menos, manualmente, do que muito. O excesso de escavação do solo quando está muito molhado ou seco danifica a estrutura do solo e as raízes das plantas.

Cavar manualmente é mais prática para a preparação de pequenos canteiros. Mas só deve cavar somente quando a terra está húmida o suficiente para formar uma bola solta em seu punho, ou seca o suficiente para se desfazer quando você a deixa cair. Use também uma pá afiada ou uma forquilha para girar suavemente a parte superior da terra, misturando a matéria orgânica da etapa ao mesmo tempo.

E pronto, você está pronto para começar a plantar aquilo que for mais do seu agrado, ao mesmo tempo que faz exercício que o ajuda a manter saudável.